Fragmentos do cotidiano das fortificações catarinenses

Thais Luzia Colaço

Resumo


As fortificações catarinenses sempre despertaram interesse e fascínio, não só pela sua expressão arquitetônica como pelos episódios que envolveram a sua existência. Publicações antigas e recentes são referências generosas para o conhecimento de sua história no contexto político, diplomático, arquitetônico e artístico. A carência de referências quanto ao cotidiano das pessoas que viveram nas fortificações catarinenses, nos séculos XVIII e XIX, é que motivou a elaboração desta pesquisa, visando realçar o papel destes personagens que ocuparam parte do território sul brasileiro. Em 1743, o Brigadeiro Silva Paes já afirmava que "(...) não bastão Fortificações sem haver gente que as guarnesa, e juntamente povoe, e cultive as terras(...)".1

Palavras-chave


Fortes; Fortificações; Catarinenses; Fragmentos

Texto completo:

PDF/A

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 ÁGORA ISSN 0103-3557



ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia