Conservação preventiva

Helena Maria Correa de Sousa Pessi

Resumo


Em 1826, o Rei Ludwig I da Baviera, iniciou uma construção para abrigar um extensivo acervo de quadros europeus. O "Alte Pinakothek" foi construído fora da cidade de Munique, uma decisão controvertida naquele tempo. A razão para a escolha do local foi simples: acreditava-se que o ar puro preservaria melhor as pinturas. Esta decisão foi um ato de conservação preventiva. Até recentemente, a conservação, como profissão, era dedicada somente a cuidar de objetos individualmente. Restaurar um objeto - seja um quadro de Rembrant ou uma estátua romana de bronze - era a função do conservador.

Palavras-chave


Baviera; Conservação; Preventiva; Pinturas

Texto completo:

PDF/A

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 ÁGORA ISSN 0103-3557



ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia