Alguns aportes para os limites de uma arquivologia contemporânea

Thiago de Oliveira Vieira

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar alguns limites para o que se denomina arquivologia contemporânea ou arquivística contemporânea. Por meio da literatura arquivística serão abordados alguns marcos da arquivologia: o surgimento das instituições arquivísticas, a origem da arquivologia, o conceito de gestão de documentos, a arquivologia pós-moderna e o ensino e pesquisa na área. Esses marcos balizam as escolhas para a delimitação temporal e o que se compreende por arquivologia contemporânea.

Palavras-chave


Arquivologia contemporânea; Arquivística contemporânea; Arquivologia Pós-Moderna; Ensino e Pesquisa em Arquivologia.

Texto completo:

PDF/A

Referências


COOK, Terry. Arquivologia e pós-modernismo: novas formulações para velhos conceitos. Informação arquivística, Rio de Janeiro: Associação dos Arquivistas do Estado do Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, jul./dez. 2012, p. 123-148.

CRUZ MUNDET, José Ramón. Archivística: gestión de documentos y administración de archivos. Madrid: Alianza Editorial, 2012.

CUNHA, Antônio Geraldo da. Dicionário etimológico Nova Fronteira da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999.

FONSECA, Maria Odila. Arquivologia e ciência da informação. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2005.

HOUAISS, Antônio; VILLAR, Mauro de Salles. Dicionário Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009, 1.986 p.

INDOLFO, Ana Celeste. Gestão de documentos: uma renovação epistemológica no universo da arquivologia. Arquivística.net, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 26-60, jul/dez. 2007.

JARDIM, José Maria. A pesquisa em arquivologia: um cenário em construção. In: VALENTIM, Marta Lígia Pomim (Org.). Estudos avançados em arquivologia. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012a, p. 135-154.

JARDIM, José Maria. Em torno de uma política nacional de arquivos: os arquivos estaduais brasileiros na ordem democrática (1988-2011). In: MARIZ, Anna Carla Almeida; JARDIM, José Maria; SILVA, Sérgio Conde de Albite (Orgs.). Novas dimensões da pesquisa e do ensino em arquivologia no Brasil. Rio de Janeiro: Móbile: Associação dos Arquivistas do Estado do Rio de Janeiro, 2012b, p. 397-415.

KUHN, Thomas S. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 2011.

OLIVEIRA, Luís Hernández et al. La construcción de la archivística: una aproximación a la investigación científica através de las tesis doctorales. In: Mariz, Anna Carla Almeida; JARDIM, José Maria; SILVA, Sérgio Conde de Albite (Orgs.). Novas dimensões da pesquisa e do ensino em arquivologia no Brasil. Rio de Janeiro: Móbile: Associação dos Arquivistas do Estado do Rio de Janeiro, 2012, p. 34-65.

SILVA, Armando Malheiro et al. Arquivística: teoria e prática de uma ciência da informação. Porto: Afrontamento, 2009.

SZLEJCHER, Ana. Investigación y formación archivística: los nuevos desafíos. In: MARQUES, Angelica Alves da Cunha; RONCAGLIO, Cynthia; RODRIGUES, Georgete Medleg (Orgs.). A formação e a pesquisa em arquivologia nas universidades públicas brasileiras. Brasília: Thesaurus, 2011, p. 17-52.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 ÁGORA ISSN 0103-3557



ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia