O discurso médico sobre a morte em atestados de óbito

Fernanda Kieling Pedrazzi

Resumo


A análise lança um gesto de leitura sobre as formulações de um dos médicos que assinam atestados de óbito em 1896, documentos esses guardados pela Intendência e preservados no Arquivo Histórico Municipal de Santa Maria. Nesses documentos é observada a movência de sentidos e o atravessamento da ideologia no discurso, tendo sido selecionado um médico de modo a reconhecer movimentos na expressão da língua próprios daquela categoria profissional, tendo como real a sua inscrição na história a partir da noção de formação discursiva.


Palavras-chave


Atestado de Óbito; Discurso Médico.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ACHUTTI, Aloyzio (Org.). Cem anos de formação médica no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Tomo Editorial, 1999.

BARICHELLO, Eugenia Maria Mariano da Rocha. Os 50 anos da nova universidade. Santa Maria, RS: Ed. UFSM, 2012.

BELÉM, João. História do município de Santa Maria 1797/1933. 3. ed. Santa Maria, RS: Ed. da UFSM, 2000.

BELTRÃO, Romeu. Cronologia histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho 1787-1930. 3. ed. Santa Maria, RS: Ed. da UFSM, 2013.

CORTÉS ALONSO, Vicenta. Nuestro modelo de análisis documental. São Paulo: Associação dos Arquivistas do Estado de São Paulo, 2005. Scripta 9.

COURTINE, Jean-Jacques. Análise do discurso político: o discurso comunista endereçado aos cristãos. São Carlos, SP: EduFSCAR, 2009.

COURTINE, Jean-Jacques. O tecido da memória: algumas perspectivas de trabalho histórico nas ciências da linguagem. Polifonia, Cuiabá, EduFMT, v. 12, n. 2. 2006, p. 1-13.

FARGE, Arlette. Lugares para a história. Belo Horizonte. MG: Autentica Editora, 2011.

GUILHAUMOU, Jacques. Linguística e história: percursos analíticos de acontecimentos discursivos. São Carlos: Pedro e João Editores, 2009.

LONDERO, Alberto T. Faculdade de Medicina de Santa Maria. In: ACHUTTI, Aloyzio (Org.). Cem anos de formação médica no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Tomo Editorial, 1999.

MALDIDIER, Denise. A inquietação do discurso: (Re) ler Michel Pêcheux hoje. Campinas, SP: Pontes, 2003.

MOSCA, Paulo Roberto Ferrari. Fundação da Faculdade de Medicina da UFRGS. Disponível em: < http://www.sbhm.org.br /index.asp?p=instituicoes_view&codigo=31> Acesso em: 15 out. 2012.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Discurso em análise: sujeito, sentido, ideologia. Campinas, SP: Pontes Editores, 2012.

ORLANDI, Eni Puccinelli. Terra à vista – Discurso de confronto: Velho e Novo Mundo. 2. Ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2008.

PÊCHEUX, Michel. A análise de discurso: três épocas (1980). In: GADET, Françoise. HAK, Tony. (Org.). Por uma análise automática do discurso. 4. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2010.

PÊCHEUX, Michel; LEÓN, Jacqueline. Análise Sintática e Paráfrase Discursiva. In: PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso: Michel Pêcheux. Textos escolhidos por Eni Puccinelli Orlandi. Campinas, SP: Pontes Editores, 2012.

PEDRAZZI, Fernanda K. et al. Exposição Virtual dos 75 anos da Faculdade de Farmácia de Santa Maria. UFSM, 2005. Disponível em: Acesso em: 10 out. 2012.

UFSM (Universidade Federal de Santa Maria). Curso de Farmácia e Bioquímica: 60 anos de ensino farmacêutico em Santa Maria (RS). Santa Maria, RS: s/n, 1991.

VENTURINI, Maria Cleci. Imaginário urbano: espaço de rememoração/comemoração. Passo Fundo, RS: Editora Universidade de Passo Fundo, 2009.

WEBER, Beatriz Teixeira. As artes de curar: medicina, religião, magia e positivismo na república rio-grandense – 1889/1928. Tese de doutorado. Programa de Pós-Graduação em História. Campinas, SP: UNICAMP, 1997.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 ÁGORA ISSN 0103-3557



ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia