Archivematica como ferramenta para acesso e preservação digital à longo prazo

Fabiana Fagundes Fontana, Daniel Flores, Fabia Dalla Nora, Henrique Machado dos Santos

Resumo


Tendo atualmente uma grande produção documental de documentos natudigitais, o desafio para o profissional arquivista é a adoção de estratégias que visem à preservação de documentos digitais em longo prazo, permitindo o acesso e a difusão destas informações. Diante disso, este estudo tem por objetivo identificar e conhecer as principais estratégias e ferramentas de preservação digital em longo prazo, tomando por base normas e padrões internacionais voltados à preservação da informação digital. Para melhor compreensão sobre o tema abordado, apresenta-se algumas considerações teóricas como características e relevância. Assim, a metodologia utilizada na pesquisa desenvolveu-se a partir da leitura de bibliografias sobre o tema, o levantamento de informações referentes a padrões, normas e modelos de referência tais como: OAIS, (Open Archival Information System), a análise e observações, quanto ao armazenamento de objetos digitais em repositório Archivematica, e apontamento de possíveis barreiras para o profissional da informação. Sendo um dos papéis do arquivista, através da elaboração de instrumentos, garantir o acesso e preservação dos documentos, observamos que, para cumprir estes objetivos é necessário o uso de softwares adequados, além da adoção de estratégias que visem evitar a obsolescência tecnológica, permitindo acessar os documentos por longo prazo, mantendo sua autenticidade e integridade.


Palavras-chave


Preservação Digital; Documento Arquivístico; Repositório

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARQUIVO NACIONAL. Ações internacionais. Projeto Interpares. Disponível em: . Acesso em: 21 jul. 2013.

BORBA, V. R; LIMA, M. G. Preservação Digital: modelo orientador para o BDTD/UFPE. In: X Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação – ENANCIB, 2009. Disponível em:

%20BORBA%2c%20Vildeane%20da%20Rocha.doc_%20LIMA%2c%20Marcos%20G.%20Pre

serva%C3%A7%C3%A3o...pdf>. Acesso em: 20 jul. 2013.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS (CIA). ISAAR (CPF): norma internacional de registro de autoridade arquivística para entidades coletivas, pessoas e famílias. Tradução de Vítor Manuel Marques da Fonseca. 2. ed. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2004. 99p.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS (CIA). ISAD(G): norma internacional de descrição arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2001. 119p.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS (CIA). ISDF: norma internacional de descrição de funções. Tradução de Vítor Manuel Marques da Fonseca. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2008. 76p.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS (CIA). ISDIAH: norma internacional para descrição de instituições com acervo arquivísticos. Tradução de Vítor Manuel Marques da Fonseca. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2009. 88p.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS (CONARQ). Câmara Técnica de Documentos eletrônicos. Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2013.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVOS (CIA). E-ARQ Brasil: modelo de requisitos para sistemas informatizados de gestão arquivística de documentos. .Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2011. 136p.

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ). MoReq – Jus. Disponível em: . Acesso em: 21 jul. 2013.

FERREIRA, Miguel, Introdução à preservação digital: Conceitos, estratégias e actuais consensos, 2006.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4.ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MOREQ. Disponível em: < http://www.moreq2.eu/>. Acesso em: 21 jul. 2013.

OAIS. Coleções digitais. Digitalização e preservação digital. Disponível em: . Acesso em: 21 jul. 2013.

RONDINELLI, Rosely Curi. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos: uma abordagem teórica da diplomática arquivística contemporânea. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2002. 160p.

SAYÃO, Luis Fernando, Repositórios Digitais Confiáveis para a Preservação de Periódicos Eletrônicos Científicos, Salvador, V.4, n.3, p. 68-94, dez 2010. Disponível em:


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2014 ÁGORA ISSN 0103-3557



ÁGORA: Revista do Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.