O Arquivo Público do Estado de São Paulo e a historiografia da pós-graduação paulista

Haike Roselane Kleber da Silva, Stanley Plácido da Rosa Silva

Resumo


O artigo propõe um estudo sobre a contribuição do Arquivo Público do Estado de São Paulo (APESP) para a produção historiográfica dos programas de pós-graduação em História das universidades paulistas. Para isso, analisa as teses e dissertações de 2006 a 2015 disponíveis nos catálogos de busca das referidas instituições de ensino com vistas a auferir a relevância que seu acervo permanente teve para as pesquisas concluídas nesse período e refletir criticamente sobre os rumos seguidos pelo Arquivo. O resultado da análise aponta para uma perceptível tendência de queda na utilização da documentação de caráter permanente da instituição pelos alunos de mestrado e doutorado em História dos programas de pós-graduação analisados.


Palavras-chave


Arquivos permanentes; Historiografia; Universidades paulistas; Pós-graduação; Gestão de Arquivos

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARQUIVO NACIONAL. Dicionário brasileiro de terminologia arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005, p. 73. (Publicações Técnicas; n. 51).

ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Centro de Acervo Permanente elabora novo Guia de pesquisa. Informativo do Arquivo Público do Estado de São Paulo nº 125 - 2ª quinzena de Maio/2016ª.

ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO. Resposta ao pedido de informação n.º 65517168059. São Paulo, 10 jun. 2016b.

ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Resposta ao pedido de informação nº. 64287168058. 13 jun. 2016c.

BACELLAR, Carlos de Almeida Prado. Uso e mau uso dos arquivos. In: PINSKY, Carla (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2005.

BACELLAR, Carlos de Almeida Prado. Acesso à informação, direito à memória: os arquivos públicos em questão. Cadernos de Pesquisa do CDHIS, v. 25, p. 265-276, 2012.

BARBOSA, Andresa Cristina Oliver; SILVA, Haike Roselane Kleber. Difusão em arquivos: definição, políticas e implementação de projetos no Arquivo Público do Estado de São Paulo. Acervo, Rio de Janeiro, v.25, n.1, p.45-66, jan.- jun. 2012.

BARBOSA, Andresa Cristina Oliver. Arquivo e sociedade: experiências de ação educativa em arquivos brasileiros (1980-2011). Dissertação (Mestrado em História) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2013.

BARBOSA, Andresa Cristina Oliver; PEREIRA, Carla Janaína de Freitas; SILVA, Stanley Plácido da Rosa. Ação Educativa a distância: relato de uma prática com professores no Arquivo Público do Estado de São Paulo. Revista História Hoje, v. 3, n. 5, p. 125-146, 2014.

BARROS, Dirlene Santos; AMELIA, Dulce. Arquivo e memória: uma relação indissociável. Transinformação, Campinas, v. 21, n. 1, p. 55-61, abr. 2009.

BARROS, Thiago Henrique Bragato. A representação da informação Arquivística: uma análise do discurso teórico e institucional a partir dos contextos Espanhol, Canadense e Brasileiro. Tese (doutorado em Ciência da Informação). Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP/ Marília, 2014.

BELLOTO, Heloisa Liberalli. Arquivos Permanentes: tratamento documental. Rio de Janeiro: FGV, 2007.

BERNARDES, Ieda Pimenta. Como avaliar documentos de arquivo. São Paulo: Arquivo do Estado, 1998.

BERNARDES, Ieda Pimenta. Gestão documental e direito de acesso: interfaces. Acervo, v. 28, n. 2 (jul./dez. 2015). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso xxxiii do art. 5o, no inciso ii do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 18 nov. 2011, Seção I, p. 1.

CAMARGO, Ana Maria de Almeida; GOULART, Silvana. Centros de memória: uma proposta de definição. São Paulo: SESC-SP, 2015.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). Evolução da formação de mestres e doutores no país. 2016. Disponível em: . Acesso em 13 abr. 2016a.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). Plataforma Sucupira. 2016. Disponível em: < https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/>. Acesso em: 02 jun. 2016b.

FICO, Carlos; POLITO, Ronald. Teses e dissertações de história defendidas em 1995. Revista Estudos Históricos, [S.l.], v. 9, n. 17, p. 167-176, jul. 1996.

FLORES, Mariana Flores da Cunha Thompson. Os bancos de dados, os arquivos digitais e o papel do historiador. Acervo, Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p. 240-251, 2015.

GONÇALEZ, Paula Regina Amorim; SANTANA, Ricardo César Gonçalves; JORENTE, Maria José Vicentini. Privacidade do usuário na atividade de busca: o caso do Arquivo Público do Estado de São Paulo. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 20, n. 3, p. 137-151, jul/set, 2015.

JARDIM, José Maria. A construção de uma política nacional de arquivos: os arquivos estaduais brasileiros na ordem democrática (1988-2011). In: XII ENANCIB - Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2011, Brasília 2011. Anais do XII Enancib. Brasília: Thesaurus, 2011.

JARDIM, José Maria. Caminhos e perspectivas da gestão de documentos em cenários de transformações. Acervo, v. 28, n. 2 (jul./dez. 2015). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional.

KARNAL, Leandro; TATSCH, Flavia Galli. A memória evanescente. In. PINSKY, Carla; LUCA, Tânia Regina de (orgs.). O historiador e suas fontes. São Paulo: Contexto, 2012.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto/PUC-Rio, 2006.

MARTINS, Marcelo Thadeu Quintanilha. Maços, latas e softwares: o Arquivo Público do Estado de São Paulo e suas reconfigurações. Acervo, Rio de Janeiro, v. 26, n. 2, p. 231-242, jul./dez. 2013.

MARTINS, Marcelo Thadeu Quintanilha. Arquivos e documentos reveladores de crimes contra a humanidade. Revista do Arquivo. ano 1, n. 2, abr. 2016.

OLIVEIRA, Maria Velloso de Oliveira; BARBATHO, Renata Regina Gouvêa. Como os historiadores realizam suas pesquisas. Acervo, Rio de Janeiro, v. 29, p. 223-235, jan/jun, 2016.

PINSKY, Carla. Apresentação. In. PINSKY, Carla (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2005.

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO. Biblioteca Digital da PUC-SP – SAPIENTIA. Disponível em: < http://www.sapientia.pucsp.br/>. Acesso em: 22 abr. 2016.

REIS, Filomena Luciene Cordeiro. História e Arquivologia: alianças possíveis – um estudo de caso. ÁGORA: Revista do Arquivo Público do Estado de Santa Catarina & Curso de Arquivologia da Universidade Federal de Santa Catarina. v. 25, n. 50, p. 85-101, jan./jun. 2015.

REVISTA DO ARQUIVO. Trabalhando com documentos da repressão. Revista do Arquivo. ano 1, n. 2, abr. 2016. (Seção Prata da Casa).

REVISTA HISTÓRICA. Editorial. Histórica: Revista Online do Arquivo Público do Estado de São Paulo. Ano 11, abr. 2015.

SÃO PAULO (Estado). Arquivo Público do Estado de São Paulo. Relatório de conclusão do projeto apresentado ao BNDES: “Presença do imigrante na memória nacional: preservação e divulgação do conjunto documental dos Núcleos Coloniais da Região de Campinas (1886-1922)” São Paulo, 2009.

SÃO PAULO (Estado). Decreto n.° 58.052, de 16 de maio de 2012. Regulamenta a Lei Federal nº 12.527, de 2011, que regula o acesso a informações, e dá providências correlatas. Diário Oficial [do] Estado de São Paulo, Poder Executivo, São Paulo, 17 maio 2012, Seção I, p. 1.

SÃO PAULO (Estado). Decreto n.º 61.035, de 01 de janeiro de 2015. Dispõe sobre as alterações de denominação, transferências e extinções que especifica e dá providências correlatas. Diário Oficial [do] Estado de São Paulo, Poder Executivo, São Paulo, 01 jan. 2015, Seção I, p. 1.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Resposta ao pedido de acesso à informação n.º 96743. São Paulo, 15 fev. 2016a.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Portal da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da Universidade de São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 08 mar. 2016b.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Resposta ao pedido de informação n.º 12/2016. Campinas, SP, 04 fev. 2016a.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Biblioteca Digital da UNICAMP. Disponível em: . Acesso em: 15 maio 2016b.

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA “JÚLIO DE MESQUITA FILHO”. Resposta ao pedido de informação n.º 41515161234. São Paulo, 02 fev. 2016a.

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA “JÚLIO DE MESQUITA FILHO”. C@thedra – Biblioteca Digital de Teses e dissertações. Disponível em: < http://unesp.br/portal#!/cgb/bibliotecas-digitais/cthedra-biblioteca-digital-teses/>. Acesso em: 28 mar. 2016b.

WITTER, José Sebastião. Arquivo e História: o Arquivo do Estado de São Paulo na administração e na história. Tese (Livre-docência em História). Universidade de São Paulo, 1981.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 ÁGORA ISSN 0103-3557

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia