O controle de documentos arquivísticos em trâmite: entrada, registro, movimentação e saída

Ítalo Henrique Alves, Renato Tarciso Barbosa de Souza

Resumo


O efetivo gerenciamento arquivístico dos documentos em trâmite tem sido um desafio nas organizações. O surgimento de novas portas de entrada e saída de documentos nas instituições, como o e-mail, tem acentuado ainda mais essa situação. Os controles da entrada, do registro, da tramitação, da saída (expedição) e de todos os procedimentos relacionados, isto é, os procedimentos de protocolo, são imprescindíveis à célere recuperação de uma informação de qualidade que atenda às necessidades institucionais. Para a adequada gestão de documentos nesse momento inicial é necessário identificar as situações relacionadas a essas fases e avaliar soluções possíveis diante das problemáticas identificadas. Esse artigo pretende discutir os aspectos relacionados ao controle dos procedimentos de protocolo e propor um conjunto de metadados relacionados à gestão de documentos em sua fase inicial, como parte de um sistema informatização de gestão de documentos arquivísticos. Para elaboração desse artigo utilizou-se a correlação entre a observação empírica de problemas encontrados em instituições públicas e a pesquisa bibliográfica sobre gestão de documentos. Como resultado, propõe-se modelo de metadados com descrição dos campos e de sua aplicabilidade para o controle de documentos arquivísticos desde sua entrada ou produção até sua saída ou arquivamento na instituição.


Palavras-chave


Gestão de Documentos; Procedimentos de Protocolo; Arquivística; Protocolo; e-ARQ

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARQUIVO NACIONAL, Dicionário brasileiro de terminologia arquivística. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005. 232 p. Disponível em: . Acesso em: 30 jul. 2016.

BRASIL. Lei n. 8.159, de 8 de janeiro de 1991. Dispõe sobre a política de arquivos públicos e privados e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 9 jan. 1991.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. e-ARQ Brasil: Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos . Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. 1.1. versão. - Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2011. 136p. Disponível em: . Acesso em: 30 jul. 2016.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS. Diretrizes para a Gestão Arquivística do Correio Eletrônico Corporativo . Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2012. 34p. Disponível em: . Acesso em: 30 jul. de 2016.

DURANTI, Luciana, MACNEIL, Heather. The protection of the integrity of electronic records: an overview of the UBC-MAS research project. Archivaria, Ottawa, v. 42, p. 46-67, 1996.

DURANTI, Luciana, MACNEIL, Heather (Org.). Creator guidelines: making and maintaining digital materials: guideline for individuals. Vancouver: InterPares 2 Project, [2006].

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION (ISO). ISO 15489-1 Information and documentation – records management – Part 1: General. Geneva: ISO. 2001.

JARDIM, José Maria. Caminhos e perspectivas da Gestão de Documentos em cenários de transformações. Acervo. Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p-19-50, jul./dez. 2015. Disponível em: . Acesso em: 30 jul. 2016.

JARDIM, José Maria, FONSECA, Maria Odila. Arquivos. In: CAMPELLO, Bernadete Santos (Org.) Formas e expressões do conhecimento. Belo Horizonte: Escola de Biblioteconomia da UFMG, 1998. p. 367-390.

RODRIGUES, Ana Célia. Diplomática Contemporânea como fundamento metodológico da identificação de tipologia documental em arquivos. São Paulo: Universidade de São Paulo, 2008. (Tese de Doutorado). Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2016.

RONDINELLI, Rosely Cury. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV. 2007. 160 p.

RONDINELLI, Rosely Cury. O documento arquivístico ante a realidade digital: uma revisitação conceitual necessária. Rio de Janeiro: Editora FGV. 2013. 280p.

SOUSA, Renato Tarciso Barbosa de. Os arquivos montados nos setores de trabalho e as massas documentais acumuladas na administração pública brasileira: uma tentativa de explicação. Revista de Biblioteconomia de Brasília, Brasília, v. 21, n. 1, jan./jun. 1997, p. 31-50.

ROUSSEAU, Jean-Yves, COUTURE, Carol. Os fundamentos da disciplina Arquivística. Lisboa: Dom Quixote, 1998.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 ÁGORA ISSN 0103-3557

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia