Procedimento operacional de restauração de arquivo: aplicação FILMOPLAST nos documentos da ALESC

Fernando Bahia Dutra

Resumo


O presente relato teve como objetivo transcrever o procedimento operacional de restauração com aplicação do FILMOPLAST P90, visando restaurar o documento. Aperfeiçoando o acabamento, as bordas da fita para que se tornem niveladas a folha dos documentos. O procedimento foi desenvolvido no Laboratório de Restauração da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. O estudo teve o caráter descritivo e exploratório de natureza qualitativa. Aplicou-se método de observação, analisando os aspectos dos documentos, materiais de restauração. Apresenta-se uma breve contextualização do Laboratório, do Centro de Memória e documentação produzida pela Assembleia. Este procedimento é de importância para conservação e preservação da memória catarinense.

Palavras-chave


Conservação; Preservação; Restauração; Documentos Históricos

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALESC. Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. 2016. Disponível em:

Acesso em: 03 abr. 2017.

BARROS, Aidil Jesus da Silveira. Fundamentos de metodologia científica. 3. ed. São Paulo: Person Prentice Hall, 2007.

BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Arquivos permanentes: tratamento documental. São Paulo: FGV, 2004.

BRASIL. Decreto lei n. 8.159 de 08 de janeiro de 1991 – Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, D.F., 8 jan. 1991. Disponível em: Acesso em 28 mar. 2017.

CASSARES, Norma Cianflone. Preservação de acervos bibliográficos: homenagem à Guida Mindlin, São Paulo: Associação de Encadernação e Restauro, 2008.

CHAGAS, Magda; BAHIA, Eliana Maria dos Santos. Desenvolvimento, Conservação e Recuperação das Coleções. CIN/CED/UFSC, 2010.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino; SILVA, Roberto da. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall. 2007.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

PAES, Marilena Leite. Arquivo: Teoria e Prática. 4. ed. rev. ampl. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 2004.

SCHELLENBERG, T R. Arquivos modernos: princípios e técnicas. 6. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006. 386p.

SPINELLI, Jayme; BRANDÃO, Emiliana; FRANÇA, Camila. Manual técnico de preservação e conservação: documentos extrajudiciais. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional; Fundação da Biblioteca Nacional, 2011. 54p.

SILVA, Antônio Gonçalves da. Procedimentos para aumentar a durabilidade de materiais perecíveis: papel. In: SILVA, Rubens Ribeiro Gonçalves da. Preservação Documental: uma mensagem para o futuro. Salvador: EDUFBA, 2012. p. 93-106.

TOZONI – REIS, Marília Freitas de Campos. Metodologia da Pesquisa. 2. ed. Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2009.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1990.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 ÁGORA ISSN 0103-3557

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia