Entrevistas orais com pilotos do Correio Aéreo Nacional: estudo de caso

Maria Lucia Valada de Brito

Resumo


Objetiva-se investigar a função social dos Arquivos como lugar de memórias, ações funcionais dos profissionais da informação no trato da documentação Arquivística e as relações entre as instituições e a sociedade do entorno, expondo entrevistas como documentos orais. Enfatizaram-se aspectos arquivísticos, sua evolução, incumbências, modelos, funções governamentais na preservação de memórias orais de profissionais. Procurou-se clarificar a importância que a instituição deveria dar ao lugar de memórias no contexto profissional dos arquivos e a importância das entrevistas orais como viabilizadora das políticas de integração do Estado brasileiro para a História do país. Partiu-se de um estudo de caso que contribuiu para a pesquisa do mestrado e da bibliografia escrita por militares, composta por discursos, documentos, revistas, livros de memórias, entrevistas e monografias para a elaboração deste artigo. Para suporte da fundamentação teórica, recorreu-se a autores que realizam uma análise dos diversos aspectos Arquivísticos. Esta pesquisa justifica-se por defender a importância dos arquivos na preservação oral de entrevistas dos profissionais que atuaram na aviação brasileira, pois a memória dos seus atos laboriais deveriam ser preservados e estimulados pela instituição. O ineditismo dessa pesquisa com entrevistas explica-se pela extensão da pesquisa original, mostra técnica básica usada para colher informações orais.


Palavras-chave


Memória Oral; Preservação Arquivística; Técnicas de entrevista

Texto completo:

DOC PDF

Referências


ALBERTI, V., FERNANDES, TM., and FERREIRA, MM., orgs. História oral: desafios para o século XXI [online]. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2000. 204p. ISBN 85-85676-84-1. Available from SciELO Books. Disponível em: http://books.scielo.org. Acesso em: 08 jun 2017.

ALBERTI, Verena. Manual de história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005.

BALDISSERA, Graciele Fatima. Implantação de um Sistema de Arquivo na Universidade Aberta à terceira idade – UNATI. Toledo, 2009.

BELOCH, Israel. Historiografia e Fontes (1930-1954). BIB, Rio de Janeiro, n. 22, p. 47-97, 2.° Semestre 1986.

BRITO, Maria Lúcia Valada de. O Correio Aéreo Nacional em Operações Humanitárias: Um Aliado da Assistência Social da FAB na Amazônia. Rio de Janeiro, 2017. Dissertação apresentada para a obtenção do título de Mestre no Curso de Mestrado Profissional em Ciências Aeroespaciais da Universidade da Força Aérea (Especialização em Ciências Aeroespaciais - Universidade da Força Aérea Brasileira. Rio de Janeiro. 58 f.; 31 cm: il.

CANDAU, Joël. Antropologia da Memória. Lisboa: Instituto Piaget, 2005. p. 122 – 202

CANDAU, Joël. Cultura(s) e Educação: entre o crítico e o pós-critico. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

CAPPELLE, Mônica Carvalho Alves, Ceyça Lia Palerosi Borges, Adílio Rene Almeida Miranda. Um Exemplo do Uso da História Oral como Técnica Complementar de Pesquisa em Administração. In: ENCONTRO DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS DA ANPAD, 4. 2010...Anais... Florianópolis, 2010.

DE SORDI, Neide Alves Dias. Manual de procedimentos do Programa de História Oral da Justiça Federal Brasília : Conselho da Justiça Federal, 2007.

DOMINGUEZ, Célio Wanderley. Entrevista concedida à UNIFA (CD magnético). Rio de Janeiro, 2017.

DURANTI, Luciana. Archives as a place. Archives and Manuscripts, v. 24, n. 2, p. 242-255. 1996.

DURANTI, Luciana. Registros documentais contemporâneos como provas de ação. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 7,n. 13. 1994.

ECO, Umberto. Como se faz uma tese. São Paulo: Perspectiva, 1983.

FERREIRA, Andre da Silva. Entrevista concedida à UNIFA (CD magnético). Rio de Janeiro, 2017.

GIL, Antonio C. Como elaborar projetos de pesquisa. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1994.

JARDIM, José Maria. A invenção da memória nos arquivos públicos. Ciência da Informação, Brasília, v. 2, n. 2, 1996. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/659. Acesso em: 20 jul. 2019.

LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. - São Paulo : Atlas 2003.

LE GOFF, Jacques. Documento/Monumento. In: Enciclopédia Einaudi. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1984.

LOZANO, Jorge Eduardo Aceves. Prática e estilos de pesquisa na história oral contemporânea. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaina (Coord.). Usos e abusos da História Oral. 8. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 30. ed. Petrópolis: Vozes, 2011. 108 p.

NOGUEIRA, Gilberto Ramos (orgs.). Patrimônio Cultural. Políticas e perspectivas de preservação no Brasil. Rio de Janeiro: Manuad x Faperj, 2012, v.1, p. 17-26.

OLIVEIRA, Lucia Maria Velloso de ; PENNA, P. L. ; SOBRAL, C. C. . Arquivos pessoais e intimidade: da aquisição ao acesso. Revista do Arquivo , v. 1, p. 1-13, 2017.

OLIVEIRA, Lucia Maria Velloso de. Descrição arquivística e os arquivos pessoais: conhecer os arquivos pessoais para compreender a sociedade. Arquivo e Administração, v. 12, p. 28-51, 2013.

PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática. 3 ed. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

RODRIGUES, Ana Célia. Tipologia documental como parâmetro para a gestão de documentos de arquivos: um manual para o Município de Campo Belo, MG. 2003. Dissertação (Mestrado em História). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8138/tde-25042003-181526/. Acesso em: 05 out. 2013.

ROUSSEAU, Jean-Yves; COUTURE, Carol. Os fundamentos da disciplina arquivística. Lisboa: Dom Quixote, 1998.

THOMPSON, Analucia; PEREIRA FILHO, Hilario. Memória oral e o IPHAN: fontes, metodologia e reflexões no campo do patrimônio cultural. In: CHUVA, Marcia; NOGUEIRA, Antonio Gilberto Ramos. (Org.). Patrimônio cultural: políticas e perspectivas de preservação no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Mauad X; Faperj, 2012, v. , p. 17-26.

VERGARA, S. C. Começando a definir a metodologia. In: VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000. p. 46-53


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 ÁGORA: Arquivologia em debate

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia