A indexação na recuperação da informação em arquivos: uma abordagem inicial

Mariane Costa Pinto

Resumo


A indexação é a representação do conteúdo dos documentos por meio da transcrição de uma linguagem natural em linguagem documentária. Para o desenvolvimento da atividade, deve-se elaborar procedimentos de indexação nos quais se defina quais critérios serão utilizados pelo corpo indexador, levando-se em consideração a infraestrutura da organização, seus recursos humanos e seus usuários. Os instrumentos resultantes do processo de indexação podem ser listas de cabeçalhos de assuntos, tesauros ou vocabulários controlados. Esse controle implica diretamente na organização de acervos, já que nomeia de forma consistente os pontos de acesso que levam à informação dos documentos. Apesar de normalmente realizada em documentos bibliográficos, a indexação adquiriu importância na arquivologia a partir do momento em que a documentação arquivística adquiriu diversidade de gênero e conteúdo. Para uma indexação consistente e aplicável aos documentos arquivísticos, alguns procedimentos precisam ser adotados, a fim de evitar repetição de informações e resultados ineficientes.


Palavras-chave


Recuperação da informação; Política de indexação; Controle de vocabulário; Documentos arquivísticos

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARAÚJO, Helder et al. Linguagens de indexação: uso das linguagens presentes na prática da indexação. São Luís: Universidade Federal do Maranhão, 2011.

CARNEIRO, Marília V. Diretrizes para uma política de indexação. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v. 14, n. 2, p. 221-241, set. 1985.

CHAUMIER, J. Indexação: conceito, etapas, instrumentos. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 21, n. 1/2, p. 63-79, jan./jun., 1988.

DODEBEI, Vera L. D. Curso de indexação de documentos para acervos arquivísticos. Rio de Janeiro, 2006.

LANCASTER, F. W. Indexação e resumos: teoria e prática. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

PEREIRA, Edinete N. et al. Classificação bibliográfica: as diversas contribuições para o tratamento da informação. [Natal]: UFRN, 2009.

FUJITA, Mariângela S. L.; RUBI, Milena P. O ensino de procedimentos de política de indexação na perspectiva do conhecimento organizacional: uma proposta de programa para a educação à distância do bibliotecário. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 11, n. 1, p. 48-66, jan./abr. 2006.

SCHELLENBERG, T. R. Documentos públicos e privados: arranjo e descrição. 2. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1980.

SMIT, Johanna W.; KOBASHI, Nair Y. Como elaborar vocabulário controlado para aplicação em arquivos. São Paulo: Arquivo do Estado; Imprensa Oficial do Estado, 2003. (Como Fazer, 10).

VIANA, Alexandra Werneck et al. Manual básico para indexação de documentos arquivísticos: a experiência no Arquivo Nacional. Rio de Janeiro, 2013.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 ÁGORA ISSN 0103-3557

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia