Transcrição e análise paleográfica: manuscritos eclesiásticos do século XIX da colônia alemã de São Pedro de Alcântara

Autores

  • Carol Martins de Souza Universidade Federal de Santa Catarina
  • Aline Carmes Krüger Depto de Ciência da Informação Centro Ciências da Educação Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Campus Professor João David Ferreira Lima - Trindade - Florianópolis - Santa Catarina - Brasil - CEP 88.040-900 email: [email protected] fone: +55 (48) 3721-4075

Palavras-chave:

Paleografia, Manuscritos, São Pedro de Alcântara

Resumo

O artigo tem como objetivo transcrever e analisar por meio da paleografia dois manuscritos eclesiásticos do século XIX arquivados na Casa da Cultura do Município de São Pedro de Alcântara. Para o alcance desse objetivo foi utilizado o método comparativo documental, e as Normas Técnicas para Transcrição e Edição de Manuscritos. A pesquisa bibliográfica, analisando os aspectos gráficos, materiais, complementares. Apresenta-se uma breve contextualização histórica da escrita, da Paleografia e sobre o local e época em que os manuscritos foram produzidos. São apresentados três manuscritos numerados por este autor, seguidos de suas transcrições e as análises. Foi preciso conhecer o contexto histórico em que o documento foi produzido. Conclui-se que esta pesquisa é de entendimento da paleografia e da história, contribuindo para o conjunto documental do acervo e escrita do período, recuperando e disseminando informações da Colônia Alemã no Estado de Santa Catarina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carol Martins de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduanda em Arquivologia pela Universidade Federal de Santa Catarina

Aline Carmes Krüger, Depto de Ciência da Informação Centro Ciências da Educação Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Campus Professor João David Ferreira Lima - Trindade - Florianópolis - Santa Catarina - Brasil - CEP 88.040-900 email: [email protected] fone: +55 (48) 3721-4075

Professora no Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina. Possui graduação em história pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2005). É mestre em Artes Visuais pelo Programa de Pós Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC e doutora em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO. Integrante do Grupo de Pesquisa Patrimônio, Memória e Educação - PAMEDUC, e do Núcleo de Pesquisa e Estudos em Arquivos Contemporâneos - NUPEAC.

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4231928E5

Referências

ANDRADE, Elias A. Aspectos paleográficos em manuscritos dos séculos XVIII e XIX. Revista Filologia e Linguística Portuguesa. São Paulo, n.10-11, p.149-172, 2009. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/flp/article/view/59820>. Acesso em: 06 dez. 2016.

ANDRADE, Elias A. Cotejo de manuscritos do século XIX. Caligrama: Revista de Estudos Românicos. Belo Horizonte, v.15, n.2, p.161-187, 2010. Disponível em: <http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/caligrama/article/view/31>. Acesso em: 07 dez. 2016.

ANDRADE, Elias A.; DELGADO, Marisa S.L. Estudo Paleográfico de um Manuscrito do Século XVIII – Edições fac-similar e semidiplomática. Cadernos do CNLF, Rio de Janeiro, CiFEFiL, v. XV, n.5, t.2, p.1743, 2011. Disponível em: <http://www.filologia.org.br/xv_cnlf/tomo_2/tomo_2.html>. Acesso em: 06 dez. 2016.

ARQUIVO NACIONAL (BRASIL). Dicionário Brasileiro de Terminologia Arquivística. Publicações Técnicas. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2005.

ARQUIVO NACIONAL (BRASIL). Normas Técnicas para Transcrição e Edição de Documentos Manuscritos. Publicações Técnicas. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 1993. Disponível em: <http://www.arquivonacional.gov.br>. Acesso em: 15 nov. 2016.

BERWANGER, Ana Regina; LEAL, João Eurípedes Franklin. Noções de Paleografia e de Diplomática. 4. ed. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2012.

DESCHAMPS, Osvaldo. São Pedro de Alcântara: memórias da nossa terra e nossa gente. São Pedro de Alcântara: Ed. Do autor, 2005.

DIAS, Thiago Cancelier. Questão Religiosa Catarinense: As Disputas pelo Direito de Instruir (1843-1864). Florianópolis, 2008. Dissertação (Mestrado) – UFSC/CFH. Programa de Pós-Graduação em História. Disponível em: <https://pergamum.ufsc.br/pergamum/biblioteca/index.php>. Acesso em: 25 jan. 2017.

FACHIN, Phablo R. M. Descaminhos e Dificuldades: leitura de manuscritos do século XVIII. Série Diacrhonica. Goiânia: Trilhas Urbanas, 2008.

FLEXOR, Maria Helena Ochi. Abreviaturas: manuscritos dos séculos XVI ao XIX. 3. ed. aum. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2008.

FLUSSER, Vilém. A Escrita: Há futuro para a escrita? São Paulo: Annablume, 2010.

FRESTON, Paul. Dilemas de naturalização do protestantismo étnico: a igreja luterana no Brasil. Revista Ciências Humanas. Florianópolis, v.16, n.24, p.61-73. out.1998.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Ed. Atlas, 2008.

JOCHEM, Toni Vidal; ALVES, Débora Bendocchi. São Pedro de Alcântara: 170 anos depois... 1829 – março – 1999. São Pedro de Alcântara: Coordenação dos Festejos, 1999.

KLUG, J. Confessionalidade e etnicidade em Santa Catarina: tensões entre luteranos e católicos. Revista de Ciências Humanas, Florianópolis, v. 16, n. 24, p. 111-127, 1998.

KLUG, J. Imigração e Luteranismo em Santa Catarina: A comunidade Alemã de Desterro – Florianópolis. Florianópolis: Ed. Papa-Livro, 1994.

KRÜGER, Aline Carmes. O ensino de Paleografia no curso de graduação em Arquivologia da UFSC: um exercício com os documentos do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina. Revista Ágora, Florianópolis, v.24, n.48, p.211-223, jan./jun., 2014. Disponível em: <https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/483/pdf_41>. Acesso em: 20 jan. 2017.

LE GOFF, Jacques. Documento/Monumento. In: História e Memória. Campinas, SP: Ed. UNICAMP, 1990. Disponível em: <http://memorial.trt11.jus.br/wp-content/uploads/Hist%C3%B3ria-e-Mem%C3%B3ria.pdf>. Acesso em: 20 jan. 2017.

PAES, Marilena Leite. Arquivo: teoria e prática. 3 ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2004.

PAIVA, Joaquim G. O. Colonisação Allemã de São Pedro de Alcantara. Florianópolis: Typografia da Liv. Moderna, 1929. (Edição Comemorativa da primeira centenário da colonização alemã em Santa Catarina). Disponível em: <https://pergamum.ufsc.br/pergamum/biblioteca/index.php> Acesso em: 30 nov. 2016.

SAMARA, Eni de Mesquita. Paleografia, Documentação e Metodologia Histórica. São Paulo: Humanitas. FFLCH/USP, 2010. (Ccdhal Curso e Eventos. Nova Série n.5)

SAMARA, Eni de Mesquita. Paleografia e fontes do período colonial brasileiro. São Paulo: Humanitas. FFLCH/USP, 2005. (Ccdhal Curso e Eventos. Nova Série n.11)

TONIAZZO, Carmem L.; ANDRADE, Elias A.; KRAUSE, M.Margareth C.A. Edição de Manuscritos: Características Paleográficas. Revista Polifonia, Cuiabá, v.16, n.19, p.43-58, 2009. Disponível em: <http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/view/980/758>. Acesso em: 06 dez. 2016.

Downloads

Publicado

2017-06-30

Como Citar

Souza, C. M. de, & Krüger, A. C. (2017). Transcrição e análise paleográfica: manuscritos eclesiásticos do século XIX da colônia alemã de São Pedro de Alcântara. ÁGORA: Arquivologia Em Debate, 27(54), 281–311. Recuperado de https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/654

Edição

Seção

Trabalhos de Conclusão de Curso