A inserção da competência em informação nos cursos de graduação em arquivologia

Laécio Lucas Sousa Farias, Renata Lira Furtado

Resumo


Objetiva-se mapear a presença da temática Competência em Informação nos cursos de Arquivologia nas Universidades brasileiras, por meio da localização e avaliação das grades curriculares e da identificação e análise das disciplinas com a temática Competência em Informação nessas grades curriculares tendo como parâmetro os Padrões de Competência em Informação para Educação Superior, elaborados pela American Library Association. A pesquisa caracteriza-se por uma abordagem qualitativa e de caráter exploratório. A construção do referencial teórico foi possível por meio de uma Pesquisa Bibliográfica que subsidiou o desenvolvimento do Estudo de Caso, onde se fez uso da Pesquisa Documental como fonte de evidências e da Análise de conteúdo para analisar os documentos arrolados. Observou-se que a díade Competência em Informação/Arquivologia caminha devagar, ainda que no âmbito dos cursos de graduação haja a presença de duas disciplinas que contemplem a temática de forma explícita e outras seis disciplinas que contemplem de maneira transversal, de acordo com as categorias de análise proposta neste estudo. Vale ressaltar que a abordagem desenvolvida nesta pesquisa, sobre a Inserção da Competência em Informação nos cursos de Arquivologia no Brasil, não abarca todas as lacunas relacionadas ao assunto, mas visa, sobretudo, incentivar o desenvolvimento de outros estudos que relacionem a relevância da inserção dessa temática nas discussões arquivísticas.


Palavras-chave


Competência em Informação; Padrões de Competência em Informação

Texto completo:

DOC PDF

Referências


ABELL, Angela. et al. Alfabetización en información: la definición de CILIP (UK). Boletín de Asociación Andaluza de Bibliotecarios, n. 77, p. 79-84, dez. 2004.

AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION. Report of the Presidential Committee on information literacy: Final Report. Chicago, 1989. Disponível em: http://www.ala.org/acrl/nili/ilit1st.html. Acesso em: 01 fev. 2018.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES. Information

literacy competency for higher education. Chicago: ALA, 2000. Disponível em:

http://www.ala.org/acrl/standards/informationliteracycompetency. Acesso em: 01 fev. 2018.

ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES. Framework for

information literacy for higher education. Chicago: ACRL, 2015. Disponível em:

http://www.ala.org/acrl/standards/ilframework. Acesso em: 01 fev. 2018.

ARQUIVOLOGIA: Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Disponível em: http://www.arquivologia.furg.br/index.php/curso. Acesso em: 03 dez. 2017.

BADKE, W. Why information literacy is invisible. Communications in Information Literacy, v. 4, n. 2, p. 129-141, 2010.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011. 279p

BELLUZZO, R. C. B. O estado da arte da competência em informação (CoInfo) no Brasil: das reflexões iniciais à apresentação e descrição de indicadores de análise. RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, p. 47-76, jan. 2017. ISSN 1980-6949. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/648. Acesso em: 03 dez. 2017.

BELLUZZO, R. C. B.; SANTOS, C. A. dos; ALMEIDA JÚNIOR, O. F. de. A competência em informação e sua avaliação sob a ótica da mediação da informação: reflexões e aproximações teóricas.. Informação & Informação, [S.l.], v. 19, n. 2, p. 60-77, out. 2014. ISSN 1981-8920. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/19995. Acesso em: 31 nov. 2017.

BRASIL. Universidade Federal do Pará. Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão. Resolução. N. 4.170-A, DE 6 DE SETEMBRO DE 2011. Disponível em: http://www.ufpa.br/sege/boletim_interno/downloads/ resoluções/consepe /2011/4170 %20A%20Criacao%20Cursos%20Novos%20PSE%202012%20-%20Reservada.pdf Acesso em: 03 de dez. 2017.

BRASIL. Conselho Universitário. Aprova a Criação da Faculdade de Arquivologia, de interesse do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Pará. Resolução N. 742, de 27 de Janeiro de 2016. Disponível em: http://www.ufpa.br/sege/boletim_interno/downloads/resolucoes/consun/2016/742 Cria Faculdade de Arquivologia.pdf. Acesso em: 03 dez. 2017.

BRASIL. Orgãos Deliberativos Centrais. Criação do Curso de Arquivologia, do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina. Resolução N. 021/CEG/2009, de 26 de agosto de 2009. Disponível em: http://arquivologia. ufsc.br/files/2010/08/Resolu%C3%A7%C3%A3o-Cria%C3% A7%C3%A3o-Curso-Arquivologia2.pdf. Acesso em: 03 dez. 2017.

CRIVELLI, R.; BIZELLO, M. L. A história da arquivologia no Brasil (1838-2012). Rev. Fuent. Cong., La Paz, v. 6, n. 21, agosto 2012 . Disponível em http://www.revistasbolivianas.org.bo/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1997-44852012000400005&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 30 nov. 2017.

DURANTI, L. Models of archival education: four, two, one or a thousand. Archives & Social Studies: A Journal of Interdisciplinary Research, v. 1, n. 1, p. 41-62, 2007.

FLORES, D.; PEDRAZZI, F. K.; RODRIGUES, S. R. da S.. Impactos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e do Programa de Apoio a Planos de Reestrutura e Expansão das Universidades Federais (REUNI) na formação de arquivistas no Brasil. In: MARIZ, A. C. A.;

JARDIM, J. M.; SILVA, S.C. de A. (Org.). Novas dimensões da pesquisa e do ensino da Arquivologia no Brasil. Rio de Janeiro: Móbile: Associação dos Arquivistas do Estado do Rio de Janeiro, 2012, p. 160-180.

FURTADO, R. L. Desenvolvimento e formação de competência em informação: um mapeamento de modelos, padrões e documentos. 2014. 157 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Ciência da Informação, Departamento de Ciência da Informação, Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2014.

FURTADO, R. L.; BELLUZZO, R. C. B.; PAZIN, M. C. de C. Competência em informação e arquivologia: uma revisão bibliográfica sistemática no cenário nacional e internacional. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVII ENANCIB), 2016, Bahia. Anais... . Bahia: Xvii Enancib, 2016. p. 1470 - 1492. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/0B7rxeg_cwHajQjd FcWMxd1pFYk0/view. Acesso em: 02 abr. 2017.

JARDIM, J. M. Políticas públicas arquivísticas: princípios, atores e processos. Arquivo & Administração, Rio de Janeiro, v. 5, n. 2, p. 5-16, 2006.

LOPES, L. C. A imagem e a sombra da arquivística. Rio de Janeiro, 1998.

MARQUES, A. A. da C.. Os espaços e os diálogos da formação e configuração da arquivística como disciplina no Brasil. 2007. 298 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

OLIVEIRA, F. H. de. A formação em arquivologia nas universidades brasileiras: objetivos comuns e realidades particulares. 2014. xx, 223 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília , 2014.

SCHELLENBERG, T. R. Problemas arquivísticos do governo brasileiro. Acervo, [S.l.], v. 28, n. 2 jul-dez, p. 287-300, nov. 2015. ISSN 22378723. Disponível em: http://revista.arquivonacional.gov.br/index.php/ revistaacervo/ article/view/630/677. Acesso em: 12 nov. 2017.

TOGNOLI, N. B. A contribuição epistemológica canadense para a construção da arquivística contemporânea. 2010. 119 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2010. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/93669. Acesso em: 12 nov. 2017

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Currículo da habilitação Graduação. Disponível em: https://matriculaweb.unb.br/graduacao/curriculo.aspx?cod=8192. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA. Programa das disciplinas. Disponível em: http://www.uel.br/ceca/cin/programa-de-disciplinas-arqui/#. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Estrutura curricular 2012. 2012. Disponível em: http://www.marilia.unesp.br/#!/graduacao/cursos/arquivologia/grade-curricular/ estrutura-curricular-2012/. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA. Estrutura curricular -Turno - Diurno. 2012. Disponível em: http://arquivologiauepb.com.br/wp-content/uploads/ 2012/09/ EmentasArquivologia.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS. Faculdade de Informação e Comunicação. Faculdade de Informação e Comunicação. Disponível em: http://www.ficufam.com.br/cursos-de-graduacao/curso-de-arquivologia/. Acesso em: 03 dez. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA. Ementário de componentes curriculares. Disponível em: https://blog.ufba.br/ici/files/2012/07/Projeto Pedagogico_ementas.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Grade curricular do curso de graduação de arquivologia disciplinas obrigatórias. Disponível em: http://arquivologia.ufes.br/sites/arquivologia.ufes.br/files/field/anexo/arqgradediscobrig-final.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Plano de ensino das disciplinas do Bacharelado em Arquivologia. Disponível em: http://www.unirio.br/arquivologia/arquivos/programa-das-disciplinas/caderno-de-programa-das-disciplinas-2017.1. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Colegiado do Curso de Arquivologia Ementas – versão curricular N-20151. Disponível em: http://colgradarquivo.eci.ufmg.br/documentos/ementas-de-disciplinas-do-curso-de-arquivologia-n-20151. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Disciplina leitura e competência informacional ementa. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2018

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA – UFPB: Departamento de Ciência da Informação - DCI. Centro de Ciências Sociais Aplicadas – CCSA. 2016. Kênia Leandra. Disponível em: http://www.ccsa.ufpb.br/dci/contents/paginas/arquivologia. Acesso em: 03 dez. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA. Matriz Curricular. 2016. Disponível em: http://www.ccsa.ufpb.br/arqv/contents/menu/matriz-curricular. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Currículo Arquivologia. Disponível em: https://www1.ufrgs.br/graduacao/xInformacoesAcademicas/ curriculo.php? CodHabilitacao=33&CodCurriculo=77&sem=2017012>. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE. Estrutura Curricular. Disponível em: https://www.furg.br/bin/cursos/tela_qsl_visual.php?cd_curso=185*682. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE DE SANTA MARIA. Portal do Ementário. Disponível em: https://portal.ufsm.br/ementario/curso.html?curso=732. Acesso em: 20 jan. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Currículo do curso. Disponível em: http://arquivologia.ufsc.br/files/2017/06/Currículo-do-Curso.pdf. Acesso em: 20 jan. 2018.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 ÁGORA: Arquivologia em debate

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia