Arquivistas, cientistas e a preservação dos arquivos produzidos pelas atividades em ciência e tecnologia

Caterina Salvi, Maria Celina Soares de Mello e Silva

Resumo


Por meio da compilação dos resultados de estudos realizados por diversos autores, esse artigo propõe apresentar uma reflexão sobre as características dos arquivos produzidos pelas atividades de ciência e tecnologia. As atividades científicas e tecnológicas produzem uma significativa diversidade de documentos, que pode ser considerada arquivo. Os autores demonstram que a guarda e preservação desses documentos estão sob a responsabilidade dos pesquisadores que, em geral, somente os conservam quando necessário utilizá-los para o andamento das pesquisas. De acordo com o referencial teórico, a preservação dessa documentação é importante também para estudos sobre a história da instituição e história da ciência de forma mais ampla. A presença de arquivistas nos laboratórios se torna importante para que o processo de guarda da produção documental se efetue no âmbito do princípio da proveniência. As atividades de ensino em ciência e tecnologia igualmente se beneficiam no que se refere à guarda da documentação produzida para a preparação e realização das aulas. As propostas levantadas ressaltaram a necessidade de uma atuação conjunta de arquivistas e pesquisadores nos laboratórios. Apontam-se, também, estudos, projetos e resultados obtidos para a preservação da prática em ciência e tecnologia para a memória da ciência no Brasil.

Palavras-chave


Arquivos em ciência e tecnologia; Preservação de arquivo; Arquivo de laboratório

Texto completo:

DOC PDF

Referências


CAMARGO, Ana Maria de Almeida. Conceituação e características dos arquivos científicos. In: ENCONTRO DE ARQUIVOS CIENTÍFICOS, 2, 2005, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 2006. p. 11-16.

GRANATO, Marcus; OLIVEIRA, Pedro Louvian de Campos. A institucionalização do patrimônio cultural da ciência e tecnologia. In: OLIVEIRA, Lucia Maria Velloso de; SILVA, Maria Celina Soares de Mello e (org.) Políticas de aquisição e preservação de acervos em universidades e instituições de pesquisa. Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 2012. p. 317-342.

SAMUELS, Helen. Avaliando os documentos da ciência moderna e da tecnologia. In: ANDRADE, Ana Maria Ribeiro de (Org.). Caminho para as estrelas: reflexões em um museu. Rio de Janeiro, 2007. p. 74-87.

SANTOS, Paulo Roberto Elian dos. Arquivologia no laboratório: teoria, métodos e práticas de uma disciplina. In: ENCONTRO DE ARQUIVOS CIENTÍFICOS, 4 e Conferência da SUV, 2009, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 2009. p. 118-126.

SILVA, Maria Celina Soares de Mello e. A importância da preservação dos arquivos de laboratórios científicos e tecnológicos. In: ENCONTRO DE ARQUIVOS CIENTÍFICOS, 3, 2007, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 2008. p. 93-106.

TROITIÑO, Sonia; SOUSA, Cristiane Alves. Documentos para a história da ciência e tecnologia: o acervo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas. In: ENCONTRO DE ARQUIVOS CIENTÍFICOS, 4 e Conferência da SUV, 2009, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins, 2009. p. 37-43.

VALENTE, Maria Esther; Cazelli, Sibele; ALMEIDA, Ronaldo de. Os instrumentos do MAST na perspectiva educacional e de divulgação da ciência. In: MAST: 30 Anos de Pesquisa. Educação e Divulgação da Ciência. Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins. 2015.v.2, cap.11.

WELFELÉ, Odile. A proveta arquivada: reflexões sobre os arquivos e os documentos oriundos da prática científica contemporânea. Revista da Sociedade Brasileira de História da Ciência, v. 2, n. 1, p. 65-72, jan./jun. 2004.

WELFELÉ, Odile. Quais materiais para o historiador de amanhã? O futuro dos arquivos científicos. In: Andrade, Ana Maria Ribeiro de (org.). Caminho para as estrelas: reflexões em um museu. Rio de Janeiro, 2007. p. 140-159.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 ÁGORA: Arquivologia em debate

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia