Letramento digital: e-books interativos para crianças

Clarice Fortkamp Caldin, Ursula Blattmann

Resumo


O letramento informacional ocorre no período escolar, estágio da vida em que as crianças desenvolvem as habilidades de decodificação dos signos escritos com o suporte papel. Mas antes da escola e paralela a ela, as crianças apreendem o domínio das mídias eletrônicas e adquirem o letramento digital com o uso de smartphones e tablets. A esse letramento se presta a literatura infantil, pois estimula o cognitivo e o imaginário. Pesquisa caracteriza da como bibliográfica e qualitativa apresenta-se a literatura como suspensão temporária da descrença, a literatura infantil como trafegando entre a funcionalidade e o poético, histórico do livro manuscrito ao digital, livros impressos para crianças e e-books interativos para crianças. Registra-se que no século XXI as mídias eletrônicas invadem o mercado editorial e alteram a maneira de contar histórias, a forma de leitura e a natureza da narrativa. Advoga-se que essas tecnologias têm mudado as habilidades de competência e de letramento das crianças, passando do letramento tradicional para o digital. Reforça-se que no ambiente de hipermídia são inseridos recursos que permitem às crianças interagirem de forma dinâmica com a narrativa. Conclui-se: se o letramento informacional for acompanhado do letramento digital, os e-books interativos para crianças serão uma maneira a mais de priorizar a leitura literária, fundamental para alimentar a imaginação criadora e a expressividade.


Palavras-chave


Letramento digital; Uso da informação; Literatura infantil; Livro impresso; Livro eletrônico; E-books interativos para crianças

Texto completo:

DOC PDF/A

Referências


ARISTÓTELES. Arte poética: texto integral. Tradução: Pietro Nassetti. São Paulo: Editora Martin Claret, 2006.

BEDIN; Jéssica; SENA, Priscila Machado Borges; CHAGAS, Magda Teixeira. Biblioteca escolar: um ambiente para o desenvolvimento da competência informacional. In: BLATTMANN, Ursula; VIANNA, William Barbosa (org.). Inovação em escolas com bibliotecas. Florianópolis: Editora Dois por Quatro, 2016. p. 21- 43.

BENJAMIN, Walter. Livros infantis antigos e esquecidos. In: BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução: Sergio Paulo Rouanet. 7. ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1994. p. 235 - 243.(Obras escolhidas, v. 1).

BERND, Zilah. O maravilhoso como discurso histórico alternativo. In: LEENHARDT, Jacques; PESAVENTO, Sandra Jatahy (org.). Discurso histórico e narrativa literária. Campinas: Editora da UNICAMP, 1998. p. 127 – 133.

CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. Tradução: Reginaldo de Moraes. São Paulo: Editora UNESP, 1998.

CHAUÍ, Marilene. Convite á filosofia.13. ed. São Paulo: Editora Ática, 2003.

COELHO, Nelly Novaes. Dicionário crítico da literatura infantil e juvenil brasileira. 5. ed. rev. atual. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2006.

COELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil: teoria, análise, didática. São Paulo: Editora Moderna, 2000.

COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. 7. ed. São Paulo: Editora Global, 2004. v. 6.

FLECK, Felícia de Oliveira; CUNHA, Miriam Figueiredo Vieira da; CALDIN, Clarice Fortkamp. Livro ilustrado: texto, imagem e mediação. Perspectiva em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 21, n. 1, jan./mar. 2016. Disponível em: http:// portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/index. Acesso em: 16 mar. 2020.

FREDERICO, Aline. O futuro do leitor ou o leitor do futuro: o livro infantil interativo e os letramentos múltiplos. Cadernos de Letras da UFF, Niterói, v. 26, n. 52, p. 101-120, jan./jul. 2016. Disponível em: www.cadernosdeletras.uff.br/index.php/cadernosdeletras/article/view/195. Acesso em: 30 abr. 2020.

ISER, Wolfgang. O ato da leitura: uma teoria do efeito estético. Tradução: Johannes Kretschmer. São Paulo: Editora 34, 1999. v. 2.

GILMONT, Jean-François. Reformas protestantes e leitura. In: CAVALLO, Guglielmo; CHARTIER, Roger (org.). História da leitura no mundo ocidental. São Paulo: Editora Ática, 1999. v. 2, p. 47-77.

HUNT, Peter. Crítica, teoria e literatura infantil. Tradução: Cid Knipel. São Paulo: Editora Cosac Naify, 2010.

KHÉDE, Sonia Salomão. Personagens da literatura infanto-juvenil. São Paulo: Editora Ática, 1986.

LABARRE, Albert. História do livro. Tradução de Maria Armanda Torres de Abreu. São Paulo: Editora Cultrix; [Brasília]: INL, 1981.

LEWIS, C. S. Sobre histórias. Tradução: Francisco Nunes. Edição especial. Rio de Janeiro: Editora Thomas Nelson Brasil, 2018.

LIMA, Luiz Costa. Por que literatura. Petrópolis: Vozes, 1969.

LUCCA, Djuli Machado de; CALDIN, Clarice Fortkamp; RIGHI, João Primo Ramirez. O desenvolvimento da competência informacional nas crianças a partir da literatura infantil. Rev. digit. bibliotecon. ciênc. inf., Campinas, v. 13, n. 1, p. 192-206, jan./abr. 2015. Disponível em: http://www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php/rbci. Acesso em: 16 abr. 2020.

LYONS, Martyn. Os novos leitores no século XIX: mulheres, crianças, operários. In: CAVALLO, Guglielmo; CHARTIER, Roger (org.). História da leitura no mundo ocidental. São Paulo: Editora Ática, 1999. v. 2, p. 165-202.

MEIRELES, Cecília. Problemas da literatura infantil. 3. ed. Rio de Janeiro: Editora Nova Fronteira, 1984.

MENEGAZZI, Douglas Luiz; SYLLA, Cristina. A literatura infantil digital: o design das histórias interativas. Revista de Educação, Ciência e Cultura, Canoas, v. 24, n. 2, p. 81-96, jul. 2019. Disponível em: http://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/Educacao. Acesso em: 15 maio 2020.

MONTERO, Rosa. A louca da casa. Rio de Janeiro: Editora Ediouro, 2004.

MOISÉS, Massaud. A criação literária: poesia e prosa. ed. rev. e atual. São Paulo: Editora Cultrix, 2012.

PALO, Maria José; OLIVEIRA, Maria Rosa D. Literatura infantil: voz de criança. 3. ed. São Paulo: Editora Ática, 1998.

SPALDING, Marcelo. Alice do livro impresso ao e-book: adaptação de Alice no País das Maravilhas e de Através do Espelho para IPAD. 2012. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012. Disponível em: https://www.google.com/search?source=hp&ei=qK7HXpKGAo-65OUPk7CUyA4&q=marcelo+spalding+. Acesso: 10 mar. 2020.

TATAR, Maria (ed.). Contos de fadas: edição comentada e ilustrada. Tradução: Maria Luiza X. de Borges. Rio de Janeiro: Editora Jorge Zahar, 2004.

TEIXEIRA, Deglaucy Jorge. A interatividade e a narrativa no livro digital infantil: proposição de uma matriz de análise. 2015. Dissertação (Mestrado em Design e Expressão Gráfica) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015. Disponível em: www.repositório.ufsc.br. Acesso em: 27 maio 2020.

TEIXEIRA, Deglaucy Jorge; GONÇALVES, Berenice Santos; CALDIN, Clarice Fortkamp. A narrativa digital interativa como suporte da literatura infantil contemporânea. In: SEMINÁRIO DE LITERATURA INFANTIL, 7.; SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE LITERATURA INFANTIL E JUVENIL E PRÁTICAS DE MEDIAÇÃO LITERÁRIA 2., 2016. Anais [...]. Florianópolis: UFSC: UNISUL, 2017. p. 274 -284. Disponível em: google.com/search?rlz= 1C1SQJL_pt- BRBR791BR791&ei=YLOXu-bH_TB5OUPrJKRoAQ&q=7+seminário+de+literatura+infantil+e+juvenil&oq = 7seminario+de+literatura+infantil+e+juvenil. Acesso em: 25 maio 2020.

TEIXEIRA, Deglaucy Jorge; VIEIRA, Milton Luiz Horn; GONÇALVES, Berenice S. Organização da multimídia em ebook interativo infantil. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE IBERO-AMERICANA DE GRÁFICA DIGITAL, 19., 2015, Florianópolis. Proceedings [...] Florianópolis: SIGRADI, 2015. p. 292-299. Disponível em: proceedings.blucher.com.br/article-details/organização-da-multimidia-em-ebook-interativo-infantil-22331. Acesso em: 12 maio 2020.

VERRUMO, Marcel. Coleção Vaga-Lume: o fenômeno editorial que educou gerações de leitores. In: VERRUMO, Marcel. História bizarra da literatura brasileira. São Paulo: Editora Planeta, 2017. p. 291-295.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 ÁGORA: Arquivologia em debate

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia