Criando valor para arquivos: branding para marcas públicas

Marina Rodrigues Martins, Moisés Rockembach

Resumo


Este estudo propõe a complementaridade dos conceitos de branding e de difusão em arquivos para benefício da imagem e da reputação de marcas públicas perante seus usuários. Discute-se também que a correlação destas definições potencializa os conhecimentos e valoriza as atividades dos profissionais das áreas da Comunicação e da Informação. Considera-se a hipótese de que esta união, agregada à aplicabilidade de estratégias de modo planejado e contínuo vêm a beneficiar a gestão das marcas, gerando valor positivo e enriquecendo a relação e a interação entre públicos e instituições. A partir da pesquisa bibliográfica e documental exploratória realizada foram elencados itens-chave que embasam a metodologia de análise deste artigo. Apoiado nestes itens se realizou a coleta das informações disponibilizadas via mídias sociais das instituições públicas observadas (Arquivos Nacionais do Reino Unido, Portugal e Brasil), no que tange às ações de comunicação e de relacionamento desenvolvidas pelas mesmas. Como resultados, se entende que os conceitos se interligam, apresentando capacidade para favorecer e valorizar os serviços prestados pelos profissionais; potencializar a difusão de informação; criar valor para Arquivos Públicos e que as instituições analisadas possuem ações que caracterizam o que é abrangido pelos conceitos de branding e de difusão em arquivos.


Palavras-chave


Difusão em Arquivos; Branding; Organizações Públicas; Gerenciamento de Marca

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABREU, Isabela. Como a cultura participativa e a cultura de nichos estão influenciando a criação de marcas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE MARCAS/BRANDING. CONEXÕES E EXPERIÊNCIAS, 2., 2016. Anais eletrônicos. Lajeado, 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2017.

ARAÚJO, Marcelo Marques. Branding e Discurso nas Organizações: objetos em interface dialógica na Comunicação Organizacional. In: INTERCOM – XXI CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO SUDESTE. 21., 2016. Anais eletrônicos. Salto, 2016. Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2017.

ARQUIVO NACIONAL DO BRASIL. Website. 2017. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2017.

ARQUIVO NACIONAL DO REINO UNIDO. Website. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2017.

ARQUIVO NACIONAL TORRE DO TOMBO. Website. 2017. Disponível em: Acesso em: 08 jun. 2017.

ASSOCIATION, American Marketing. Dictionary. Marca. 2017. Disponível em: . Acesso em: ago. 2017.

CARVALHO, Nino. Construção de Marca Pública: caso do Governo de Mato Grosso. Website Nino Carvalho, 2010. Disponível em: . Acesso em: maio 2017.

CIRIACO, Douglas. Qual a diferença entre Internet e World Wide Web? Canaltech, [201-] década certa. Disponível em: https://canaltech.com.br/entretenimento/qual-a-diferenca-entre-internet-e-world-wide-web/. Acesso em: 21 set. 2017.

CONRERP/4º. Conselho Regional de Relações Públicas 4ª Região. Atividades Privativas de RP. 2018. Disponível em: . Acesso em: 5 jul. 2018.

DIREÇÃO-GERAL DO LIVRO, DOS ARQUIVOS E DAS BIBLIOTECAS. Website. Disponível: . Acesso em: 08 jun. 2017.

e-ARQ Brasil: Modelo de Requisitos para Sistemas Informatizados de Gestão Arquivística de Documentos / Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. 1.1. versão. - Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2011.

FANTINI, Mariele. Importância do Branding no Marketing Digital. Acontecendo aqui. 04 mar. 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2017.

FEIJÓ, Valéria Casaroto. Branding Digital: o desafio das marcas na atualidade. In: INTERCOM - XIII CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA REGIÃO SUL, 13., 2012. Anais eletrônicos. Chapecó, 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. de 2017.

FRANÇA, Fábio. Conceituação lógica de públicos em relações públicas. Researchgate, [201-]. Disponível em: . Acesso em: 01 ago. 2017.

FRANÇA, Fábio. Públicos: como identificá-los em nova visão estratégica: business relationship. 3. ed. São Caetano do Sul, SP: Yendis Editora, 2012.

FREITAS, Iury. Branding: um guia prático. 2016. 24f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Habilitação em Publicidade e Propaganda), Universidade Católica de Brasília, 2016. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2017.

FÜHR, Isis F. da S; STRÖHER, Ssusana. e THOMAS, Paula D. Branding e Branding Experience como estratégia de posicionamento e comunicação de marca. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE MARCAS/BRANDING. CONEXÕES E EXPERIÊNCIAS, 2., 2016. Anais eletrônicos. Lajeado, 2016. Disponível em: < http://www.univates.br/editora-univates/media/publicacoes/167/pdf_167.pdf>. Acesso em: 01 jun. 2017.

GONZÁLEZ TERUEL, Aurora. Los estúdios de necesidades y usos de La información: fundamentos y perspectivas actuales. España: Ediciones Tres, S.L., 2005.

JACOBY, Diogo. e KREUTZ, Elizete. A. A importância do Brand Experience e Marcas Mutantes para a construção de Marcas. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE MARCAS/BRANDING. CONEXÕES E EXPERIÊNCIAS, 2., 2016. Anais eletrônicos. Lajeado, 2016. Disponível em: < http://www.univates.br/editora-univates/media/publicacoes/167/pdf_167.pdf>. Acesso em: 01 jun. 2017.

JENKINS, Henry; GREEN, Joshua; FORD, Sam. Cultura da Conexão: criando valor e significado por meio da mídia propagável. São Paulo: Aleph, 2013.

LIMA, Paulo. 10 regras do branding sensorial. Ideia de marketing, 2013. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2017.

MARTINS, José R. Branding: um manual para você criar, gerenciar e avaliar marcas. 3. ed. ver. amp. São Paulo: Global Brands, 2006. (E-book). Disponível em: . Acesso em: 25 mai. 2017.

MARTINEZ-SILVEIRA, Martha; ODDONE, Nanci. Necessidades e comportamento informacional: conceituação e modelos. Ci. Inf. Brasília, DF. v.36, n.2, p.118-127, 2007. Disponível em: . Acesso em: maio 2017.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. Porto Alegre: Sulina, 2007.

MORT, Gillian S.; WERAWARDENA, Jay; WILLIAMSON, Brett. Branding in the Non-profit Context: The Case of Surf Life Saving Australia. Australasian Marketing Journal, Elsevier, v. 15, n. 2, p. 108–119, 2007. Disponível em:

PORTAL DO GOVERNO DO BRASIL. Website. 2017. Disponível em: . Acesso em: 08 jun. 2017.

PORTAL DO GOVERNO DE PORTUGAL. Website. 2017. Disponível em:. Acesso em: 06 jun. 2017.

PORTAL DO GOVERNO DO REINO UNIDO. Website. 2017. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2017.

RIBEIRO, Liliana. O Branding no Séc. XXI: Um apelo aos sentidos. 2011. 167 f. Dissertação (Master em Marketing) Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Porto, 2011. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.

RIBEIRO, Ricardo. Branding Digital. 2013. 178 f. Dissertação (Mestrado em Design e Multimédia) Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Coimbra, 2013. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2017.

RIES, Al; RIES, Laura. As 11 consagradas Leis de Marcas na Internet. Tradução: Celso Roberto Paschoa. São Paulo: MAKRON Books, 2001.

ROCKEMBACH, Moisés. Difusão em arquivos: uma função arquivística, informacional e comunicacional. Informação Arquivística, Rio de Janeiro, v.4, n.1, p. 98-118, out. 2015. Disponível em: . Acesso em: 26 maio 2017.

SANTOS, Vanderlei Batista dos. Una propuesta de marketing para un archivo institucional. Revista Alexandria, Lima, Perú, v.4, n.6, p. 4-14, jan./jun., 2007. Disponível em: . Acesso em: 26 mai. 2017.

STRIDE, Helen; LEE, Stephen. No Logo? No Way. Branding in the Non-Profit Sector. Journal of Marketing Management.York,UK, v. 23, n. 1-2, p.107-122, 2007. Disponível em:

TAVARES, Mauro Calixta. Gestão de marcas: construindo marcas de valor. São Paulo: HARBRA, 2008.

TARRÉS ROSELL, Antoni. La incorporación del marketing en la gestión de archivos. BiD: textos universitaris de biblioteconomia i documentació, Barcelona, n. 23, dez. 2009. Disponível em: . Acesso em: 11 ago. 2017.

ANOS DA ABOLIÇÃO DA PENA DE MORTE EM PORTUGAL. Website. 2017. Disponível em:. Acesso em: 06 jun. 2017.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 ÁGORA ISSN 0103-3557

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ÁGORA: Arquivologia em debate
Universidade Federal de Santa Catarina, ISSN 0103-3557, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Licença Creative Commons Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional. Apoio técnico de Lepidus Tecnologia